Dicas para Mães por Patricia Lavratti

Realizando os nossos ensaios de recém-nascidos e bebês em Florianópolis e região, temos presenciado um dilema bem comum que muitos pais vêm enfrentado: a tarefa difícil de conseguirem fazer o seu bebê dormir durante a noite. Decidi traduzir um guia sobre o assunto, pesquisei um pouco mais com especialistas da área e resolvi publicar com o intuito de ajudar, dar uma luz aos pais, que com todo amor do mundo fazem de tudo e não sabem onde não estão acertando. E sem dúvida, para aqueles que estão ainda à espera do seu bebê, este artigo ajudará muito. 

O que acontece é que muitos pais cometem erros e os mesmos erros. A boa notícia é que você não é o único e que há solução para o problema. O principal erro é termos em mente que é preciso FAZER o bebê dormir, quando na verdade o que é preciso ser feito é ENSINÁ-LO a dormir, ensinar que ele é capaz de adormecer sozinho.

Você deve se perguntar: “ Mas como assim, ele é tão pequeno! Como se faz isso?”

Mudanças simples na rotina fazem uma diferença enorme para corrigir os vícios de sono mais comuns. Quando você conseguir, perceberá que seu filho será muito mais tranquilo e a vida de todos vocês mudará para melhor.

7 DICAS DE OURO

Nas primeiras semanas é mais do que normal o sono ser picadinho, os bebês recém-nascidos (e seus estômagos) são muito pequeninos, por isso precisam mamar mais seguido. Mas após serem atendidos e alimentados no meio da noite, os recém-nascidos dormem facilmente. De início é bem comum não parecer ser um problema, mas deve-se desde o início seguir as dicas, pois conforme a rotina começa a se estabelecer, os ciclos de sono se regulam, o bebê começa a estar mais consciente do mundo que o rodeia. O aprendizado é desde o início.

O grande segredo é: Se o seu bebê precisa de você, de amamentação ou de colo para dormir, sem dúvida você se virá no meio da noite tendo que fazer o mesmo novamente. É importante saber que os bebês naturalmente acordam algumas vezes no meio da noite, resmungos são normais (na maioria das vezes não significa que estão chamando por você). Aqueles bebês que dormem sozinhos irão voltar a dormir sozinhos. Mas, se seu bebê não sabe dormir sem a sua ajuda, a cada vez que acordar, irá precisar de você.

Estudos têm mostrado que bebês que não dormem o suficiente têm maior dificuldade para relaxar, aprender e crescer. Depois do nascimento, o cérebro continua a se desenvolver e o hábito de sono saudável é essencial para o desenvolvimento adequado. Nós sabemos como é ruim a privação de sono. Nossos níveis de concentração e tolerância ficam debilitados. Ficamos irritados facilmente, mais ansiosos e agitados. Não é diferente para os bebês. Então, como nós encorajamos nossos bebês com hábitos saudáveis de sono desde cedo? A chave é ensinar o seu bebê se tranquilizar para dormir sozinho.

Vamos às dicas!

01) Ensine seu bebê a diferença entre dia e noite

Mesmo seu bebê tendo somente alguns dias de vida já é possível começar a ensiná-lo a diferença entre dia e noite. De dia mantenha a casa com luz, iluminada. Leve seu bebê para curtas caminhadas, exponha ele à luz natural e ao fresco ar do dia. Mesmo que ele esteja dormindo (comum, pois recém-nascidos dormem em média 21 horas por dia nas primeiras semanas), ele sentirá o estímulo da luz e do ar através da pele dele. Deixe o quarto iluminado durante os cochilos diurnos. É comprovado que a luz do dia ajuda na noite de sono de bebês e adultos. Quando o bebê estiver acordado (por pouco tempo nas primeiras semanas) interaja com ele, converse, faça carinho na sua pele, aproxime seu rosto do dele para que ele possa ver você. Nesta idade, o maior estímulo é estar perto. A noite deve ser escura e quieta. Use uma luz baixa, mais amena de um abajur para alimentar seu bebê e não mantenha-o com você por muito tempo. Um colinho para amamentá-lo e logo devolvê-lo para a cama irá criar o hábito de sono saudável desde cedo para o saúde de ambos. Troque a fralda somente se realmente for necessário, fazendo-o na luz baixa e com sua voz suave e em baixo tom.

2) Estabeleça a hora de ir pra cama

Adotar um breve “ritual” diário da hora de ir para a cama ajudará muito para o bebê saber que é hora de ir dormir e se entregar mais facilmente. Isso é mais claro a partir dos 3 meses para o bebê, ele irá entender que chegou a hora do sossego. Um exemplo de ritual “pré-cama” pode ser: mamar, um rápido e silencioso banho, vestir o pijama, saco de dormir , um colinho e berço. Para um cochilo diurno, o ritual  pode ser a troca da fralda, lavar rosto brevemente, saco de dormir e berço. Você poder usar também canções de ninar ou músicas suaves de sons da natureza enquanto você o prepara para ir pra cama. Estabeleça o que achar melhor e torne este ritual uma ROTINA. Será o momento que você vai prepará-lo para ele saber que está indo nanar e poderá adormecer tranquilo. Siga esta rotina, fazendo sempre os mesmos passos, na mesma sequência, e seu bebê irá aprender rapidamente que é hora de dormir.  E aqui é  importante seguir a dica 3!!

3) Coloque seu bebê acordado na cama

Sempre coloque seu bebê na cama ainda acordado. Use o ritual de preparo para acalmá-lo, deixá-lo relaxado e pronto para o sono. Se ele cair no sono mamando, desperte-o gentilmente antes de deitá-lo para deixar ele saber que está indo do seu colo para a cama. Os bebês despertam durante a noite e eles conferem se estão no mesmo lugar. Quando acordar saberá onde está e se sentirá seguro. Isso também vale para a cama dos pais. Se seu bebê aprender a dormir sozinho desde o início da noite, provavelmente estará apto a fazê-lo quando acordar no meio da noite. No início, você poderá acompanhá-lo enquanto ele aprende esta importante habilidade. Mais tarde, você deve deixá-lo para pegar no sono sozinho.

Observação: Os bebês resmungam mesmo e nem sempre significa que estejam chamando por suas mães. Se você corre para o quarto ao menor resmungo você precisa mudar este hábito. Muitas mães se tornam escravas da babá eletrônica, correndo a qualquer som do bebê. Indo ao quarto frequentemente pode até fazê-lo acordá-lo sem necessidade. No caso de choro ou se chamar (quando maiorzinhos) vá até lá, mas não pegue o bebê no colo. Converse, afague e acalme-o. Se você pegá-lo, provavelmente ficará mais desperto, e além disso aprenderá a fazer isso sempre que quiser companhia no meio da madrugada, o que é um péssimo hábito.

A partir dos 3 meses você pode começar a oferecer o último mamar antes do banho, assim ele aprenderá a ir dormir sem a necessidade de mamar antes. (Talvez no início você precise ainda dar um pouco mais de mama depois do banho, mas esse é o caminho).

4) Introduza os “Companheiros de Sono”

Os “companheiros de sono” são aqueles objetos amiguinhos que trazem conforto e segurança, como os bichinhos de pano ou pelúcia, cobertorzinhos, lencinhos, bonequinhos, etc. São uma efetiva ajuda para o sono que não exige a sua presença, reafirmando seu bebê que pode dormir seguro durante toda noite.

Importante é ter o cuidado dos companheiros estarem ao alcance da criança de uma forma segura. No início devem ser pendurados, alguns podem ser anexados no berço e mais tarde, conforme ele crescer você entrega quando achar que é seguro. Isso varia conforme a idade do bebê. Antes de entregar o ajudante para seu bebê,  mantenha-o junto de você por uma noite para ficar com o seu cheiro. Só de o bebê enxergar o “amiguinho” ao redor do seu berço fará ele sentir a segurança que precisa para cair no sono.

Entre o 6º e 12º mês, o seu bebê começara a se vincular fortemente com seu amiguinho, e frequentemente irá precisar dele pra dormir. Este será um momento chave para o seu bebê entender que você pode deixá-lo, sem gerar ansiedades. Esses objetos tem mostrado que funcionam muito, facilitando a vida das mães nesta fase.

5) Crie o ambiente adequado

Definir um lugar para o seu bebê dormir que seja tranquilo e que ele não venha a ser perturbado, com temperatura adequada. Além disso separar o ambiente de brinquedo daquele de dormir. No berço deve ficar apenas o brinquedinho ou cobertorzinho que a criança usa para adormecer (o companheiro de sono).

Observação: Brotoejas significam que seu bebê está passando calor. Os sacos de dormir para bebês com tipos para cada estação são ótimos, e evitam do bebê se destapar, mantendo-o aquecido e seguro.

6) Crie uma rotina durante o dia

Aqui não é necessário que seja uma rotina rígida, pois seu bebê vai ter dias que vai estar com mais fome que outros, ou vai precisar dormir mais ou menos, etc. Mas é essencial que siga uma rotina básica começando com um horário de acordar definido, pois lhe ajudará com algo muito importante: os intervalos de sonecas. Aqui acontece dois dos erros mais comuns e que acarretam infernos. São eles: esperar que a criança esteja cansada demais para ir dormir ou manter o bebê acordado o dia todo para dormir a noite toda. Quando a criança passa do horário de dormir, o organismo produz cortisol, que vai deixando-a cada vez mais agitada. Portanto, diante de sinais de cansaço (irritação, esfregar os olhos, coçar orelhas) leve-o para cama. Da mesma forma, privá-los do sono só irá piorar a situação. Então, existir uma rotina diária e horários de descanso são sagrados. Conforme o seu bebê vai crescendo ele irá  dormir menos horas por dia, tendo que adequar o número de sonecas e seus intervalos. Se inteire do assunto conforme a idade do seu bebê.

7) Não deixe seu bebê com fome

Se seu bebê com 6 meses ou mais,  genuinamente,  está acordando no meio da noite, você precisa ajustar mais calorias para ele durante o dia. Acordando seu bebê pela manhã sempre na mesma hora irá regular e facilitar seguir a rotina de alimentá-lo e sonecas no decorrer do dia conforme a dica anterior, que servirá para você e para ele. Aqui, você poderá considerar em adotar uma amamentação de ceia entre 22h e 23h30, onde irá simplesmente apanhá-lo do berço, alimentá-lo e colocá-lo de volta na cama sem acordá-lo. O benefício disto e tentar adotar táticas para não envolver amamentação no meio da noite e você saberá que ele está de barriga cheia. Geralmente um ursinho, um afago, uma carícia, um tapinha gentil no bumbum faz ele voltar a dormir quando não está com fome, como comentado na dica 3. como fazer o bebe dormir sono saudavel recem nascido patricia lavratti fotografia florianópolis newborn dicasE não se preocupe, pois se ele estiver com fome, com certeza ele deixará você saber!

Seguindo essas dicas, você terá um resultado transformador. Você e seu bebê terão uma vida mais saudável e tranquila!

Na foto, a mamãe linda e serena com seu bebê prematuro, o qual faço uma carinhosa dedicação por serem exemplos de total harmonia, o que desejo a todas mamães, papais e seus bebês!

Com carinho!
Patricia Lavratti

 

 

 

Para quem quiser saber mais, sugiro esta leitura.
Referências:site brasilbabycenter, site pediatria em foco, guias de Mandy Gurney (inglesa, especialista do assunto).